segunda-feira, 31 de julho de 2017

Efemérides tricolores - 31 de julho


1910: no campo da rua Guanabara (atual Estádio de Laranjeiras), em partida válida pelo Campeonato Carioca, o Fluminense ganhou por 4 a 2 do America, gols de Edwin Cox (3) e Monk. Estes foram os três últimos gols de Edwin Cox pelo Fluminense - ele se mudaria para Porto Alegre, onde jogaria pelo Grêmio.

1938: em jogo do Torneio Municipal, no campo da rua Domingos Lopes, o Fluminense venceu o Madureira por 1 a 0, gol de Tim. Com a vitória, o Tricolor se aproximou muito do título de campeão da competição.

1949: em partida válida pelo Campeonato Carioca, em Teixeira de Castro, o Fluminense goleou o Bonsucesso por 6 a 2. Os gols tricolores foram marcados por Santo Cristo (3) e Orlando Pingo de Ouro (3).

1960: em amistoso no Estádio José Procópio Teixeira, em Juiz de Fora, o Fluminense ganhou por 5 a 1 do Sport de Juiz de Fora, com quatro gols de Waldo e um de Telê.

1966: em jogo amistoso, no Estádio Paulo Fernandes, em Barra do Piraí, o Fluminense venceu o Royal por 1 a 0, gol de Samarone.

1982: em São Januário, em partida válida pelo Campeonato Carioca, o Fluminense ganhou por 3 a 1 do Madureira. Os gols tricolores foram de Zezé Gomes (2) e Flávio Renato.

1983: na quinta rodada do Campeonato Carioca, no Raulino de Oliveira, o Fluminense derrotou o Volta Redonda por 3 a 1. Os gols da vitória tricolor foram assinalados por Assis (2) e Leomir (cobrando pênalti).

1991: o Fluminense obteve a quarta vitória seguida no giro pela Europa: 5 a 0 sobre o Netphen, no Leimbachstadion, em Siegen, na Alemanha, gols de Ézio, Renato Carioca, Sandro, Carlinhos Itaberá e Denílson.

2010: em jogo da 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Fluminense ganhou por 3 a 1 do Atlético Paranaense, diante de 40.005 pessoas no Estádio do Maracanã. Os gols tricolores foram de Washington (2) e Emerson Sheik. O Tricolor acumulava 8 vitórias, 2 empates e 2 derrotas, na campanha que culminaria na conquista do terceiro Brasileirão de sua história.
Washington marcou dois gols em seu retorno ao Fluminense.


2011: em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, no Engenhão, o Fluminense derrotou o Ceará por 4 a 0, gols de Fred, Souza, Rafael Sobis e Rafael Moura.

2013: em jogo do Campeonato Brasileiro, no Maracanã, o Fluminense venceu o Cruzeiro por 1 a 0, gol de Fred, aos 32 minutos do segundo tempo.

2016: em partida do Brasileirão, no Giulite Coutinho, em Mesquita, o Fluminense ganhou por 3 a 0 da Ponte Preta, graças aos gols de Cícero (2) e Wellington Silva (o atacante).

****

Aniversariante do dia:

André Luís Garcia (1979), zagueiro com duas passagens pelo time profissional do Fluminense (em 2001 e entre 2010 e 2011). Foi campeão brasileiro em 2010, e totalizou 5 gols marcados em 49 partidas disputadas com a camisa tricolor. Com a Seleção Brasileira, disputou o torneio de futebol dos Jogos Olímpicos de 2000, em Sydney.


PCFilho

domingo, 30 de julho de 2017

Programação da Loteca - Concurso 761



Amigos e amigas, confiram abaixo a programação com as 14 partidas que compõem o concurso número 761 da Loteca, a loteria esportiva da Caixa Econômica Federal. Elas serão disputadas no sábado 5 e no domingo 6, válidas pelas três principais divisões do Campeonato Brasileiro. São 9 partidas da Série A, 3 partidas da Série B e 2 partidas da Série C:
1) Cruzeiro x Botafogo (domingo, 16:00, Mineirão)
2) Bahia x São Paulo (domingo, 16:00, Fonte Nova)
3) Grêmio x Atlético Mineiro (domingo, 16:00, Arena do Grêmio)
4) Bragantino x Mogi Mirim (sábado, 16:00, Nabi Abi Chedid)
5) Guarani x Internacional (sábado, 16:30, Brinco de Ouro da Princesa)
6) Boa Esporte x Paraná (sábado, 19:00, Dilzon Melo)
7) Londrina x Vila Nova (sábado, 16:30, Estádio do Café)
8) Palmeiras x Atlético Paranaense (domingo, 16:00, Allianz Parque)
9) Flamengo x Vitória (domingo, 11:00, Luso-Brasileiro)
10) Coritiba x Chapecoense (domingo, 16:00, Couto Pereira)
11) ASA x Fortaleza (sábado, 20:00, Coaracy Fonseca)
12) Corinthians x Sport Recife (sábado, 19:00, Itaquerão)
13) Ponte Preta x Vasco (domingo, 19:00, Moisés Lucarelli)
14) Avaí x Santos (domingo, 19:00, Ressacada)

Os bilhetes deste concurso 761 da Loteca poderão ser registrados a partir da manhã desta segunda-feira 31, até as 14:00 de Brasília do sábado 5. Recomendamos que os leitores registrem suas apostas nas casas lotéricas com a máxima antecedência possível, a fim de evitar filas e outros transtornos.

Confiram aqui no blog os porcentuais estimados de apostas para os 14 jogos. Os porcentuais são a base do método de apostas que explico no e-book "Um método inteligente para apostar na Loteca", detalhando a estratégia que desenvolvi para a loteria esportiva. Interessados, por favor entrar em contato por e-mail: pcfilho@gmail.com, ou nos comentários abaixo. Ainda é possível adquirir o e-book com desconto.

Em cada um dos 14 jogos, o apostador deve escolher um dos três resultados possíveis: coluna 1 (vitória do mandante), coluna do meio (empate) ou coluna 2 (vitória do visitante). A aposta mínima na Loteca dá direito a um palpite duplo e custa R$ 2,00 (dois reais). Para cada palpite duplo marcado a mais, multiplica-se o preço da aposta por 2. Para cada palpite triplo marcado a mais, multiplica-se o preço da aposta por 3. Exemplos:
- uma aposta com 1 palpite duplo e 1 palpite triplo custa R$ 2,00 × 3 = R$ 6,00 (seis reais).
- uma aposta com 2 palpites duplos e 2 palpites triplos custa R$ 2,00 × 2 × 3 × 3 = R$ 36,00 (trinta e seis reais).
- uma aposta com 4 palpites duplos e 1 palpite triplo custa R$ 2,00 × 2 × 2 × 2 × 3 = R$ 48,00 (quarenta e oito reais).

Abaixo, a seção dos comentários está sempre aberta para que vocês façam suas observações. Qual será a grande zebra deste concurso? Qual time não perderá de jeito nenhum? Esperamos as suas opiniões! Muito obrigado a todos vocês pelo prestígio a este blog Jornalheiros! Apostem com moderação, e boa sorte rumo aos 14 acertos!

PCFilho

Efemérides tricolores - 30 de julho


1905: mostrando sua vocação de ajuda à comunidade, o Fluminense promoveu uma partida em benefício do Dispensário São Vicente de Paulo, localizado à rua Pereira da Silva, em Laranjeiras. No amistoso, a "Seleção do Rio" empatou em 3 a 3 com a Seleção de Niterói, no campo da rua Guanabara (atual Estádio de Laranjeiras). Os gols cariocas foram de Edwin Cox, Adolpho Simonsen e Edgard Gulden. Entre os presentes ao jogo, estava o prefeito do Rio de Janeiro, senhor Francisco Pereira Passos. Os dois times foram as primeiras "seleções" a jogar ali, no local onde nove anos depois nasceria a mais famosa das seleções. Apesar de a "Seleção do Rio" ter jogado com camisas azuis, era exatamente o time do Fluminense: Francis Walter; Victor Etchegaray e Jack Robinson; Edgard Gulden, Joaquim Araújo e Clyto Portella; Adolpho Simonsen, Costa Santos, Edwin Cox, Emile Etchegaray e Félix Frias. Por isso, alguns historiadores consideram este o 29º jogo da história do clube.

1922: no campo da rua Paysandu, a Seleção Carioca empatou em 2 a 2 com a Seleção Baiana, no primeiro jogo do quadrangular final do Campeonato Brasileiro de Seleções. Os dois gols cariocas foram marcados pelo tricolor Zezé. A Seleção Carioca jogou com: Haroldo (Botafogo); Palamone (Botafogo) e Telefone (Flamengo); Laís (Fluminense), Alfredinho (Botafogo) e Fortes (Fluminense); Leite (Botafogo), Zezé (Fluminense), Nilo (S. C. Brasil), Machado (Fluminense) e Moura Costa (Fluminense).

1944: em jogo do turno do Campeonato Carioca, no Estádio de Laranjeiras, o Fluminense ganhou por 5 a 2 do São Cristóvão. Os gols tricolores foram de Magnones (2) e Simões (3), com João Pinto e Alfredo descontando para os visitantes. O goleiro tricolor Batatais defendeu uma cobrança de pênalti no segundo tempo da partida.

1947: em partida amistosa, no Pacaembu, o Fluminense fez uma grande exibição e derrotou o Palmeiras por 5 a 2. Os gols tricolores foram assinalados por Pinhegas (2), Ademir Menezes, Rodrigues Tatu (de falta) e Orlando Pingo de Ouro.

1950: o Fluminense disputou sua primeira partida no Estádio do Maracanã: foi um empate em 0 a 0 com o Olaria, com duração de somente vinte minutos, pelo Torneio Início. Na definição por pênaltis, Amaro converteu as três cobranças do Olaria, e Didi converteu apenas duas para o Fluminense (a rigor, os dois primeiros gols tricolores no Maracanã). Neste dia, o Bangu tornou-se o primeiro clube campeão no Maracanã. No dia 12 de agosto, contra o mesmo Olaria, o Fluminense enfim disputaria sua primeira partida completa no Maior do Mundo.

1952: na primeira partida da final da Copa Rio, o Campeonato Mundial de Clubes, o Fluminense derrotou o Corinthians por 2 a 0, perante 38.680 pessoas no Maracanã. Orlando Pingo de Ouro abriu o placar aos 22 minutos do primeiro tempo, completando de cabeça um cruzamento de Quincas, em cobrança de falta da esquerda. Marinho ampliou o marcador aos 25 minutos do segundo tempo, após receber passe de Orlando Pingo de Ouro e driblar Homero. A segunda partida da decisão, três dias depois, consagraria o Fluminense campeão (confiram aqui, nas efemérides de 2 de agosto!).

1961: perante 53.347 pagantes no Maracanã, o Fluminense estreou com vitória no Campeonato Carioca: 1 a 0 sobre o America, gol de Pinheiro, cobrando pênalti.

1977: no terceiro amistoso da excursão à Europa, o Fluminense goleou o Ajaccio, da França, por 5 a 2, no Stade Ange-Casanova. Os gols tricolores foram marcados por Marinho ChagasZezéDoval, Dirceu Lopes e Kléber.

1986: no primeiro amistoso do giro pela Europa, o Fluminense derrotou o Servette, da Suíça, por 2 a 1, com dois gols do centroavante Washington. O jogo foi realizado no Stade des Charmilles, em Genebra, local onde o craque tricolor Didi marcara um gol na partida Brasil 5 x 0 México, pela Copa do Mundo, em 16/06/1954.

1989: no sexto amistoso na Alemanha Ocidental, o Fluminense obteve a sexta vitória: 9 a 1 sobre o Hünfeld, gols de Rangel, Eduardo Souza, Márcio Luiz, Hélio, Édson Mariano, Gama, Rinaldo, Edgar e Dedei.

****

Aniversariantes do dia:

Carlos Fabián Maldonado Piñeiro, o Maldonado (1963), meio-campista uruguaio naturalizado venezuelano, com 2 gols marcados em 15 partidas pelo Fluminense, na temporada de 1992.

Wellington Cássio de Lima (1978), lateral-direito que jogou pelo Fluminense em 1998, sendo titular do time que conquistou a Copa Rio de Janeiro. Marcou um gol nas oito partidas que disputou com a camisa tricolor.

PCFilho

sábado, 29 de julho de 2017

Efemérides tricolores - 29 de julho


1928: em amistoso internacional no Estádio de Laranjeiras, o Fluminense voltou a vencer o Sporting de Lisboa, desta vez por 3 a 2. Os gols tricolores foram de Alfredinho, Preguinho e Lagarto. Com o resultado, o Fluminense recebeu a Taça Leal Santos. O jogo foi uma tentativa de revanche por parte do Sporting, que perdera para o Fluminense por 4 a 1 em 15 de julho. O Sporting, que havia conquistado o vice-campeonato português semanas antes, empatara em 1 a 1 com o Vasco no dia 22, e perderia para a Seleção Carioca por 3 a 2, no dia 2 de agosto.

1942: em jogo do primeiro turno do Campeonato Carioca, o Fluminense derrotou o Vasco por 1 a 0, gol de Carreiro, aos 38 minutos do segundo tempo, no Estádio de Laranjeiras.

1971: no Maracanã, o Fluminense perdeu por 1 a 0 para o Botafogo, em jogo válido pela Taça Guanabara (competição à parte do Campeonato Carioca, já conquistado pelo Tricolor). Apesar do tropeço, o Fluminense conquistaria também a Taça Guanabara, ao derrotar o Flamengo na partida final, três dias depois (confiram aqui, nas efemérides de 1º de agosto).

1973: o Fluminense seguia implacável em sua campanha rumo à conquista do Campeonato Carioca: vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo, no Maracanã, com gol de Dionísio, aos 4 minutos do segundo tempo. O próximo Fla-Flu, no dia 22, seria a decisão da competição - e o campeão seria o Tricolor...

1984: na quinta rodada do Campeonato Carioca, o Fluminense ganhou por 1 a 0 do Americano, no Godofredo Cruz, em Campos, com gol de Assis, de cabeça. O campeão brasileiro iniciava bem no certame estadual, com 4 vitórias e 1 empate em 5 jogos - o bicampeonato Carioca viria em dezembro, após triangular com Vasco e Flamengo.

2000: o Fluminense estreou no Campeonato Brasileiro, naquele ano chamado de Copa João Havelange, com uma vitória por 2 a 0 sobre o Bahia, gols de Magno Alves e Donizete Amorim. A partida, disputada no Estádio do Maracanã, marcou o retorno do Tricolor ao principal torneio do país, após as ausências de 1998 e 1999.

2012: em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Engenhão, o Fluminense empatou em 0 a 0 com o Atlético Mineiro, no confronto entre os dois melhores times da competição. O centroavante Fred chegou a marcar o gol da vitória tricolor, aos 42 minutos do segundo tempo, mas o bandeirinha Vicente Romano Neto marcou impedimento, erradamente. O zagueiro tricolor Gum foi o melhor jogador em campo. O Fluminense passou a ter 26 pontos ganhos na tabela de classificação, com 7 vitórias, 5 empates e 1 derrota. Era o início da campanha que culminaria na conquista do quarto Brasileirão da história tricolor.

****

Aniversariante do dia:

José Alves dos Santos Júnior, o Júnior (1969), zagueiro com 12 atuações pelo Fluminense na temporada de 1993.

PCFilho

#ForçaAbel






































As maiores sequências invictas do Brasileirão nos pontos corridos


Invicto nas primeiras 16 partidas do Brasileirão, com 12 vitórias e 4 empates, o Corinthians tem o melhor início de Campeonato Brasileiro na era dos pontos corridos. No entanto, ainda não igualou as maiores sequências invictas da história da competição.

O próprio Corinthians é o detentor da maior delas: foram 19 jogos sem derrota, entre o final do Campeonato de 2010 e o início do Campeonato de 2011. Atlético Paranaense, São Paulo e Sport Recife já completaram 18 partidas de invencibilidade, uma vez cada um. O Corinthians em 2015 e o Flamengo entre 2010 e 2011 tiveram 17 jogos sem revés. O São Paulo campeão de 2007 teve a sequência de melhor aproveitamento, com 14 vitórias e 2 empates em 16 jogos. O Corinthians de 2017 e o Goiás de 2003 também completaram 16 partidas sem derrota, mas com menos vitórias. Dois times alcançaram sequências invictas de 15 jogos: o Fluminense campeão de 2010 e o Palmeiras campeão de 2016.

Abaixo, listo estas que foram as maiores sequências de invencibilidade no Brasileirão, desde a adoção da fórmula dos pontos corridos, em 2003.

1º) Corinthians (2010-2011) – 19 partidas (14 vitórias e 5 empates)
17/10/2010 - (F) - Corinthians 0 x 0 Guarani
24/10/2010 - (N) - Corinthians 1 x 0 Palmeiras
27/10/2010 - (F) - Corinthians 1 x 1 Flamengo
03/11/2010 - (C) - Corinthians 4 x 0 Avaí
07/11/2010 - (F) - Corinthians 2 x 0 São Paulo
13/11/2010 - (C) - Corinthians 1 x 0 Cruzeiro
21/11/2010 - (F) - Corinthians 1 x 1 Vitória
28/11/2010 - (C) - Corinthians 2 x 0 Vasco
05/12/2010 - (F) - Corinthians 1 x 1 Goiás
22/05/2011 - (F) - Corinthians 2 x 1 Grêmio
29/05/2011 - (C) - Corinthians 2 x 1 Coritiba
05/06/2011 - (F) - Corinthians 1 x 1 Flamengo
12/06/2011 - (C) - Corinthians 2 x 0 Fluminense
26/06/2011 - (C) - Corinthians 5 x 0 São Paulo
29/06/2011 - (F) - Corinthians 1 x 0 Bahia
06/07/2011 - (C) - Corinthians 2 x 1 Vasco
10/07/2011 - (F) - Corinthians 1 x 0 Atlético Goianiense
14/07/2011 - (C) - Corinthians 1 x 0 Internacional
20/07/2011 - (F) - Corinthians 2 x 0 Botafogo

2º) Atlético Paranaense (2004) – 18 partidas (12 vitórias e 6 empates)
28/07/2004 - (C) - Atlético Paranaense 4 x 0 Ponte Preta
31/07/2004 - (C) - Atlético Paranaense 0 x 0 Grêmio
04/08/2004 - (F) - Atlético Paranaense 3 x 0 São Caetano
08/08/2004 - (C) - Atlético Paranaense 2 x 0 Vasco
12/08/2004 - (F) - Atlético Paranaense 1 x 1 Botafogo
15/08/2004 - (C) - Atlético Paranaense 1 x 0 São Paulo
18/08/2004 - (F) - Atlético Paranaense 1 x 1 Figueirense
22/08/2004 - (C) - Atlético Paranaense 2 x 0 Paysandu
29/08/2004 - (F) - Atlético Paranaense 2 x 1 Coritiba
02/09/2004 - (C) - Atlético Paranaense 2 x 0 Guarani
08/09/2004 - (F) - Atlético Paranaense 1 x 1 Santos
12/09/2004 - (C) - Atlético Paranaense 3 x 1 Corinthians
19/09/2004 - (F) - Atlético Paranaense 4 x 2 Cruzeiro
26/09/2004 - (C) - Atlético Paranaense 2 x 1 Flamengo
29/09/2004 - (F) - Atlético Paranaense 3 x 2 Vitória
02/10/2004 - (C) - Atlético Paranaense 5 x 0 Atlético Mineiro
07/10/2004 - (F) - Atlético Paranaense 3 x 3 Juventude
17/10/2004 - (C) - Atlético Paranaense 1 x 1 Paraná

2º) São Paulo (2008) – 18 partidas (12 vitórias e 6 empates)
20/08/2008 - (C) - São Paulo 3 x 1 Atlético Paranaense
24/08/2008 - (F) - São Paulo 2 x 2 Coritiba
31/08/2008 - (C) - São Paulo 0 x 0 Santos
03/09/2008 - (F) - São Paulo 1 x 1 Atlético Mineiro
14/09/2008 - (C) - São Paulo 2 x 0 Flamengo
21/09/2008 - (F) - São Paulo 0 x 0 Sport Recife
28/09/2008 - (C) - São Paulo 2 x 0 Cruzeiro
04/10/2008 - (F) - São Paulo 3 x 1 Ipatinga
09/10/2008 - (C) - São Paulo 1 x 0 Náutico
19/10/2008 - (F) - São Paulo 2 x 2 Palmeiras
23/10/2008 - (C) - São Paulo 2 x 1 Vitória
29/10/2008 - (F) - São Paulo 2 x 1 Botafogo
02/11/2008 - (C) - São Paulo 3 x 0 Internacional
08/11/2008 - (F) - São Paulo 3 x 2 Portuguesa
16/11/2008 - (C) - São Paulo 3 x 1 Figueirense
23/11/2008 - (F) - São Paulo 2 x 1 Vasco
30/11/2008 - (C) - São Paulo 1 x 1 Fluminense
07/12/2008 - (N) - São Paulo 1 x 0 Goiás

4º) Sport Recife (2014-2015) – 18 partidas (10 vitórias e 8 empates)
02/11/2014 - (C) - Sport Recife 1 x 0 Figueirense
09/11/2014 - (C) - Sport Recife 2 x 2 Flamengo
16/11/2014 - (F) - Sport Recife 1 x 0 Atlético Paranaense
19/11/2014 - (F) - Sport Recife 2 x 0 Palmeiras
23/11/2014 - (C) - Sport Recife 2 x 2 Fluminense
29/11/2014 - (F) - Sport Recife 2 x 2 Criciúma
07/12/2014 - (C) - Sport Recife 1 x 0 São Paulo
10/05/2015 - (C) - Sport Recife 4 x 1 Figueirense
17/05/2015 - (F) - Sport Recife 2 x 2 Flamengo
24/05/2015 - (C) - Sport Recife 1 x 0 Coritiba
31/05/2015 - (F) - Sport Recife 2 x 2 Santos
04/06/2015 - (C) - Sport Recife 1 x 0 Goiás
07/06/2015 - (F) - Sport Recife 0 x 0 Fluminense
13/06/2015 - (C) - Sport Recife 2 x 1 Joinville
20/06/2015 - (C) - Sport Recife 2 x 1 Vasco
27/06/2015 - (F) - Sport Recife 1 x 1 Chapecoense
01/07/2015 - (C) - Sport Recife 3 x 0 Internacional
05/07/2015 - (F) - Sport Recife 2 x 2 Avaí

5º) Corinthians (2015) – 17 partidas (12 vitórias e 5 empates)
27/06/2015 - (C) - Corinthians 2 x 1 Figueirense
02/07/2015 - (C) - Corinthians 2 x 0 Ponte Preta
05/07/2015 - (F) - Corinthians 0 x 0 Goiás
09/07/2015 - (C) - Corinthians 2 x 0 Atlético Paranaense
12/07/2015 - (F) - Corinthians 3 x 0 Flamengo
18/07/2015 - (C) - Corinthians 1 x 0 Atlético Mineiro
26/07/2015 - (F) - Corinthians 1 x 1 Coritiba
29/07/2015 - (C) - Corinthians 3 x 0 Vasco
09/08/2015 - (F) - Corinthians 1 x 1 São Paulo
12/08/2015 - (C) - Corinthians 4 x 3 Sport Recife
16/08/2015 - (F) - Corinthians 2 x 1 Avaí
23/08/2015 - (C) - Corinthians 3 x 0 Cruzeiro
30/08/2015 - (F) - Corinthians 3 x 1 Chapecoense
02/09/2015 - (C) - Corinthians 2 x 0 Fluminense
06/09/2015 - (F) - Corinthians 3 x 3 Palmeiras
09/09/2015 - (C) - Corinthians 1 x 1 Grêmio
13/09/2015 - (C) - Corinthians 3 x 0 Joinville

6º) Flamengo (2010-2011) – 17 partidas (9 vitórias e 8 empates)
05/12/2010 - (F) - Flamengo 0 x 0 Santos
21/05/2011 - (C) - Flamengo 4 x 0 Avaí
29/05/2011 - (F) - Flamengo 3 x 3 Bahia
05/06/2011 - (C) - Flamengo 1 x 1 Corinthians
12/06/2011 - (F) - Flamengo 1 x 1 Atlético Paranaense
19/06/2011 - (F) - Flamengo 0 x 0 Botafogo
25/06/2011 - (C) - Flamengo 4 x 1 Atlético Mineiro
29/06/2011 - (F) - Flamengo 3 x 2 América MG
06/07/2011 - (C) - Flamengo 1 x 0 São Paulo
10/07/2011 - (N) - Flamengo 1 x 0 Fluminense
20/07/2011 - (F) - Flamengo 0 x 0 Palmeiras
23/07/2011 - (C) - Flamengo 1 x 1 Ceará
27/07/2011 - (F) - Flamengo 5 x 4 Santos
30/07/2011 - (C) - Flamengo 2 x 0 Grêmio
03/08/2011 - (F) - Flamengo 1 x 0 Cruzeiro
06/08/2011 - (C) - Flamengo 1 x 0 Coritiba
14/08/2011 - (F) - Flamengo 2 x 2 Figueirense

7º) São Paulo (2007) – 16 partidas (14 vitórias e 2 empates)
22/07/2007 - (F) - São Paulo 2 x 1 Cruzeiro
26/07/2007 - (C) - São Paulo 3 x 1 Sport Recife
29/07/2007 - (F) - São Paulo 1 x 0 América RN
02/08/2007 - (C) - São Paulo 3 x 1 Juventude
05/08/2007 - (F) - São Paulo 2 x 0 Grêmio
08/08/2007 - (F) - São Paulo 2 x 0 Botafogo
11/08/2007 - (C) - São Paulo 2 x 0 Atlético Paranaense
19/08/2007 - (F) - São Paulo 0 x 0 Goiás
26/08/2007 - (C) - São Paulo 5 x 0 Náutico
29/08/2007 - (F) - São Paulo 1 x 0 Palmeiras
01/09/2007 - (C) - São Paulo 6 x 0 Paraná
05/09/2007 - (F) - São Paulo 0 x 0 Atlético Mineiro
08/09/2007 - (F) - São Paulo 2 x 0 Vasco
15/09/2007 - (C) - São Paulo 2 x 1 Santos
22/09/2007 - (C) - São Paulo 2 x 0 Figueirense
30/09/2007 - (F) - São Paulo 2 x 1 Internacional

8º) Corinthians (2017) – 16 partidas (12 vitórias e 4 empates)
13/05/2017 - (C) - Corinthians 1 x 1 Chapecoense
21/05/2017 - (F) - Corinthians 1 x 0 Vitória
28/05/2017 - (F) - Corinthians 1 x 0 Atlético Goianiense
03/06/2017 - (C) - Corinthians 2 x 0 Santos
07/06/2017 - (F) - Corinthians 5 x 2 Vasco
11/06/2017 - (C) - Corinthians 3 x 2 São Paulo
14/06/2017 - (C) - Corinthians 1 x 0 Cruzeiro
18/06/2017 - (F) - Corinthians 0 x 0 Coritiba
22/06/2017 - (C) - Corinthians 3 x 0 Bahia
25/06/2017 - (F) - Corinthians 1 x 0 Grêmio
02/07/2017 - (C) - Corinthians 1 x 0 Botafogo
08/07/2017 - (C) - Corinthians 2 x 0 Ponte Preta
12/07/2017 - (F) - Corinthians 2 x 0 Palmeiras
15/07/2017 - (C) - Corinthians 2 x 2 Atlético Paranaense
19/07/2017 - (F) - Corinthians 0 x 0 Avaí
23/07/2017 - (F) - Corinthians 1 x 0 Fluminense

9º) Goiás (2003) – 16 partidas (8 vitórias e 8 empates)
09/07/2003 - (C) - Goiás 1 x 1 Vitória
12/07/2003 - (F) - Goiás 0 x 0 Atlético Paranaense
16/07/2003 - (C) - Goiás 1 x 1 Corinthians
20/07/2003 - (C) - Goiás 2 x 1 São Caetano
23/07/2003 - (F) - Goiás 3 x 3 Santos
26/07/2003 - (C) - Goiás 1 x 1 Atlético Mineiro
30/07/2003 - (C) - Goiás 0 x 0 Ponte Preta
03/08/2003 - (F) - Goiás 1 x 0 Figueirense
06/08/2003 - (C) - Goiás 3 x 1 Vasco
10/08/2003 - (F) - Goiás 2 x 2 Paysandu
17/08/2003 - (F) - Goiás 1 x 0 Grêmio
20/08/2003 - (C) - Goiás 1 x 0 Paraná
23/08/2003 - (C) - Goiás 1 x 0 Cruzeiro
31/08/2003 - (F) - Goiás 2 x 0 Juventude
14/09/2003 - (C) - Goiás 3 x 1 Internacional
21/09/2003 - (F) - Goiás 1 x 1 Flamengo

10º) Fluminense (2010) – 15 partidas (10 vitórias e 5 empates)
26/05/2010 - (N) - Fluminense 2 x 1 Flamengo
30/05/2010 - (F) - Fluminense 3 x 1 Atlético Mineiro
02/06/2010 - (C) - Fluminense 2 x 1 Vitória
05/06/2010 - (F) - Fluminense 3 x 0 Avaí
15/07/2010 - (C) - Fluminense 1 x 1 Grêmio Prudente
18/07/2010 - (F) - Fluminense 1 x 0 Santos
22/07/2010 - (C) - Fluminense 1 x 0 Cruzeiro
25/07/2010 - (F) - Fluminense 1 x 1 Botafogo
31/07/2010 - (C) - Fluminense 3 x 1 Atlético Paranaense
08/08/2010 - (F) - Fluminense 2 x 1 Grêmio
15/08/2010 - (C) - Fluminense 3 x 0 Internacional
22/08/2010 - (N) - Fluminense 2 x 2 Vasco
25/08/2010 - (F) - Fluminense 3 x 0 Goiás
29/08/2010 - (C) - Fluminense 2 x 2 São Paulo
01/09/2010 - (C) - Fluminense 1 x 1 Palmeiras

10º) Palmeiras (2016) – 15 partidas (10 vitórias e 5 empates)
04/08/2016 - (F) - Palmeiras 1 x 1 Chapecoense
07/08/2016 - (C) - Palmeiras 2 x 1 Vitória
14/08/2016 - (F) - Palmeiras 1 x 0 Atlético Paranaense
21/08/2016 - (C) - Palmeiras 2 x 2 Ponte Preta
28/08/2016 - (N) - Palmeiras 2 x 0 Fluminense
07/09/2016 - (C) - Palmeiras 2 x 1 São Paulo
11/09/2016 - (F) - Palmeiras 0 x 0 Grêmio
14/09/2016 - (C) - Palmeiras 1 x 1 Flamengo
17/09/2016 - (F) - Palmeiras 2 x 0 Corinthians
24/09/2016 - (C) - Palmeiras 2 x 1 Coritiba
03/10/2016 - (F) - Palmeiras 3 x 2 Santa Cruz
09/10/2016 - (N) - Palmeiras 2 x 0 América MG
13/10/2016 - (C) - Palmeiras 0 x 0 Cruzeiro
16/10/2016 - (F) - Palmeiras 2 x 1 Figueirense
23/10/2016 - (C) - Palmeiras 2 x 1 Sport Recife

A título de curiosidade: a maior sequência invicta da história do Campeonato Brasileiro pertence ao Botafogo, que permaneceu incríveis 42 partidas sem derrota, com 25 vitórias e 17 empates entre 1977 e 1978:
16/10/1977 - (F) - Botafogo 0 x 0 Vila Nova
20/10/1977 - (F) - Botafogo 1 x 0 Brasília
23/10/1977 - (C) - Botafogo 3 x 1 Goiás
27/10/1977 - (F) - Botafogo 1 x 1 Goytacaz
02/11/1977 - (F) - Botafogo 3 x 1 Atlético Paranaense
09/11/1977 - (C) - Botafogo 3 x 0 Americano
13/11/1977 - (N) - Botafogo 0 x 0 Vasco
16/11/1977 - (C) - Botafogo 3 x 0 Londrina
23/11/1977 - (C) - Botafogo 1 x 0 Goiânia
04/12/1977 - (F) - Botafogo 2 x 2 Botafogo de Ribeirão Preto
07/12/1977 - (C) - Botafogo 1 x 1 Operário de Campo Grande
11/12/1977 - (N) - Botafogo 1 x 0 Fluminense
14/12/1977 - (C) - Botafogo 3 x 1 CSA
29/01/1978 - (F) - Botafogo 0 x 0 Bahia
01/02/1978 - (C) - Botafogo 2 x 0 América RN
12/02/1978 - (C) - Botafogo 0 x 0 Atlético Mineiro
19/02/1978 - (F) - Botafogo 3 x 0 Cruzeiro
22/02/1978 - (C) - Botafogo 3 x 1 Fast
26/03/1978 - (F) - Botafogo 2 x 0 Itabuna
02/04/1978 - (C) - Botafogo 1 x 1 Bahia
06/04/1978 - (C) - Botafogo 5 x 1 Sergipe
09/04/1978 - (F) - Botafogo 1 x 0 Volta Redonda
16/04/1978 - (F) - Botafogo 1 x 0 Ponte Preta
23/04/1978 - (N) - Botafogo 0 x 0 Vasco
30/04/1978 - (F) - Botafogo 3 x 0 Vitória
03/05/1978 - (F) - Botafogo 1 x 0 Confiança
07/05/1978 - (F) - Botafogo 0 x 0 CSA
10/05/1978 - (C) - Botafogo 1 x 0 CRB
14/05/1978 - (C) - Botafogo 1 x 1 Guarani
20/05/1978 - (N) - Botafogo 2 x 0 America
28/05/1978 - (N) - Botafogo 1 x 1 Flamengo
04/06/1978 - (F) - Botafogo 2 x 2 Botafogo de Ribeirão Preto
10/06/1978 - (C) - Botafogo 2 x 1 Corinthians
13/06/1978 - (C) - Botafogo 0 x 0 Operário de Campo Grande
17/06/1978 - (F) - Botafogo 2 x 1 Sport Recife
22/06/1978 - (C) - Botafogo 3 x 0 Comercial de Ribeirão Preto
24/06/1978 - (F) - Botafogo 3 x 0 Juventude
02/07/1978 - (N) - Botafogo 1 x 1 Flamengo
06/07/1978 - (N) - Botafogo 3 x 1 America
09/07/1978 - (F) - Botafogo 0 x 0 Coritiba
12/07/1978 - (F) - Botafogo 1 x 1 Noroeste
16/07/1978 - (F) - Botafogo 2 x 1 Palmeiras

PCFilho

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Efemérides tricolores - 28 de julho


1918: em jogo válido pelo Campeonato Carioca, no campo da rua Paysandu, o Fluminense derrotou o Andarahy por 1 a 0, graças ao gol do centroavante Welfare, o "Tanque Inglês". O Tricolor rumava a passos firmes para a conquista do bicampeonato.

1929: em partida do returno do Campeonato Carioca, no Estádio de Laranjeiras, o Fluminense venceu o Bangu por 1 a 0. O ponta De Mori marcou o gol da vitória tricolor.

1940: em jogo válido pelo turno do Campeonato Carioca, na rua Ferrer, o Fluminense ganhou por 2 a 1 do Bangu. Os gols do triunfo tricolor foram assinalados por Romeu Pellicciari e Adílson. O Fluminense acumulava 8 vitórias, 1 empate e 1 derrota, na campanha que terminaria com a conquista do título de campeão.

1946: em partida válida pelo turno do Campeonato Carioca, diante de 15.344 pagantes em General Severiano, o Fluminense perdeu por 3 a 2 para o Botafogo. Orlando Pingo de Ouro e Ademir Menezes marcaram os gols tricolores no jogo. Fluminense, Botafogo, Flamengo e America protagonizavam o Campeonato mais disputado da história, que terminaria com os 4 clubes empatados em pontos. Teriam que decidir o título no Supercampeonato - em que o Fluminense terminou na frente, vencendo a partida final contra o mesmo Botafogo...

1954: em jogo realizado no Maracanã, o Fluminense venceu o Deportivo La Coruña, da Espanha, por 3 a 0, gols de Didi (2, um de falta) e Esquerdinha (de pênalti).

1963: em jogo do turno do Campeonato Carioca, perante 63.168 pagantes no Maracanã, o Fluminense ganhou por 3 a 1 do Vasco. Os gols que garantiram a vitória tricolor no clássico foram de Joaquinzinho (2) e Manoel.

1977: no segundo amistoso da excursão à Europa, o Fluminense derrotou o Olympique Nice, da França, por 2 a 1, no Stade du Ray, em Nice. Os gols tricolores foram de Marinho Chagas (de pênalti) e Doval. Foi a segunda vitória do Fluminense sobre o Olympique Nice (a primeira foi em 1961, uma goleada por 7 a 2).

1979: em jogo do Campeonato Carioca, em Marechal Hermes, o Fluminense ganhou por 2 a 0 do Americano, gols de Kléber e Fumanchu.

1992: no jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil, no Estádio de Laranjeiras, o Fluminense ganhou por 2 a 1 do Picos. Os gols da vitória tricolor foram de Sandro e Moresche.

****

Aniversariantes do dia:

Emmanuel Coelho Netto, o Mano (1898), herói tricolor, ponta-direita com 9 gols em 67 atuações com a camisa do Fluminense, entre os anos de 1917 e 1922. Irmão mais velho de Preguinho e filho do escritor Henrique Maximiano Coelho Netto, Mano fez parte do lendário time tricampeão carioca em 1917, 1918 e 1919. Ele foi o segundo atleta do Fluminense a falecer durante sua carreira no clube (após Archibald French, vítima da epidemia de gripe de 1918). Durante uma partida pelo Campeonato Carioca de 1922, Mano sofreu um choque violento, e teve que sair de campo para ser atendido. Apesar das fortes dores, voltou ao gramado para não prejudicar o time, já que substituições não eram permitidas, e permaneceu em campo até o fim do jogo. Em decorrência do choque, Mano teve uma hemorragia interna, que acabou por matá-lo semanas depois, em 30 de setembro de 1922. No dia seguinte, o triste contraste: enquanto a multidão chegava a Laranjeiras para o Brasil x Uruguai do Campeonato Sul-Americano, o corpo de Mano era conduzido ao cemitério de São João Baptista, em Botafogo, em um emocionante cortejo com 200 automóveis. Sobre o caixão do jovem mártir tricolor, estava a bandeira do Fluminense.


Jerônimo Teixeira dos Santos (1930), meia-esquerda com 7 gols marcados em 23 partidas pelo Fluminense, entre os anos de 1950 e 1951.

Carlos Alberto Batista da Silva (1974), meia-atacante com 3 atuações pelo Fluminense, na temporada de 1993.

PCFilho

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Efemérides tricolores - 27 de julho


1919: no campo da rua Figueira de Melo, pelo turno do Campeonato Carioca, o Fluminense perdeu por 2 a 0 para o São Cristóvão, com dois gols de Braz de Oliveira. Este foi o primeiro (e seria o único) tropeço na espetacular campanha do tricampeonato.

1922: em partida do Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais, no campo da rua Paysandu, a Seleção Carioca, com quatro titulares tricolores, derrotou a Seleção Fluminense por 2 a 0, com dois gols de Nilo Murtinho Braga (que ainda não jogava pelo Tricolor). A Seleção Carioca jogou assim: Haroldo (Botafogo); Palamone (Botafogo) e Chico Netto (Fluminense); Laís (Fluminense), Oswaldinho (America) e Fortes (Fluminense); Leite (Botafogo), Zezé (Fluminense), Nilo (S. C. Brasil), Junqueira (Flamengo) e Antenor (Bangu). (Observação: a Seleção Carioca era a da cidade do Rio de Janeiro, então Distrito Federal; a Seleção Fluminense era a do estado do Rio de Janeiro, cuja capital era Niterói.)

1937: em partida válida pelo Torneio Aberto, no Estádio de Laranjeiras, o Fluminense derrotou o Flamengo por 4 a 1. Os gols tricolores foram de Sandro e Hércules (3, um de pênalti). A competição seria abandonada pelos clubes dias depois.

1941: em jogo do segundo turno do Campeonato Carioca, na Gávea, o Fluminense perdeu para o Flamengo por 4 a 1, com Pedro Amorim marcando o gol de honra tricolor. Foi só um tropeço daquele timaço do Fluminense, que terminaria campeão carioca com uma campanha espetacular, de 22 vitórias em 28 jogos, e o melhor ataque da história da competição (106 gols-pró). Ainda haveria mais dois Fla-Flus naquele Campeonato, e quem ri por último, ri melhor...

1952: na segunda partida da semifinal da Copa Rio, o Campeonato Mundial de Clubes, o Fluminense venceu o Áustria Viena por 5 a 2, diante de 45.623 pessoas no Maracanã. Telê abriu o placar aos 6 minutos, mas o quadro austríaco empatou com Ernst Stojaspal aos 15 e virou com Rudolf Pichler aos 20. Orlando Pingo de Ouro empatou aos 31 e virou aos 41. No segundo tempo, Quincas ampliou aos 8, e Orlando Pingo de Ouro fechou o marcador aos 32 minutos. Com o resultado, o Fluminense se classificou para a decisão da competição, em que enfrentaria o Corinthians.

1969: perante 53.887 pagantes no Maracanã, em jogo da Taça Guanabara (competição à parte do Campeonato Carioca, já conquistado pelo Tricolor), o Fluminense perdeu por 2 a 1 para o Flamengo. Cláudio Garcia marcou o gol tricolor na partida. Apesar do tropeço, nas semanas seguintes o Fluminense terminaria campeão da Taça Guanabara.

1975: diante de 72.466 pagantes no Maracanã, em jogo do terceiro turno do Campeonato Carioca, o Fluminense perdeu para o Vasco por 2 a 1. O lateral-esquerdo Marco Antônio marcou o gol da Máquina Tricolor, que já estava classificada para a fase final, na qual se sagraria campeã estadual, com direito a goleada sobre o mesmo Vasco (confiram aqui, nas efemérides de agosto).

1976: em jogo válido pelo Campeonato Carioca, no Raulino de Oliveira, o Fluminense ganhou por 4 a 2 do Volta Redonda. Os gols tricolores foram de Doval (3) e Gil. A Máquina Tricolor seguia a pleno vapor, rumo ao bicampeonato.

1991: o Fluminense obteve a terceira vitória consecutiva no giro pela Europa: 4 a 2 sobre o Duisburg, da Alemanha, no Wedaustadion, em Duisburg. Os gols tricolores foram de Sandro, Ézio, Bobô e Renato Carioca.

2014: em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, o Fluminense derrotou o Atlético Paranaense por 3 a 0, com portões fechados na Arena da Baixada. Os gols da vitória tricolor foram de Jean, CíceroDarío Conca (de pênalti).

2016: na partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil, o Fluminense ganhou por 2 a 0 do Ypiranga, no Colosso da Lagoa, em Erechim, e se classificou à etapa seguinte da competição. Os gols da vitória tricolor foram de Cícero e Magno Alves, ambos no segundo tempo.

****

Aniversariante do dia:

Francisco Souza dos Santos, o Chiquinho (1989), meio-campista e lateral-esquerdo com 2 gols marcados em 47 jogos pelo Fluminense, na temporada de 2014.

PCFilho

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Efemérides tricolores - 26 de julho



1931: em partida do Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais, a Seleção Carioca venceu a Seleção Mineira por 5 a 0, no Estádio de Laranjeiras. Os cinco gols foram de atletas do Fluminense: três de Ripper e dois de Preguinho. Velloso, IvanAlfredinho e Theóphilo foram os outros tricolores na Seleção Carioca, que jogou com: Velloso; Domingos e Hildegardo; Hermógenes, Cabral e Ivan; Ripper, Leônidas, Alfredinho, Preguinho e Theóphilo. A Seleção Carioca terminaria aquela competição como campeã, pela quinta vez na história.

1939: em amistoso no Estádio de Laranjeiras, o Fluminense ganhou por 5 a 1 do Fluminense de Niterói. O grande destaque da partida foi o aniversariante Russo, autor de dois gols. Celeste, Fogueira e Novelli marcaram os outros gols da vitória tricolor.

1958: em partida válida pelo turno do Campeonato Carioca, o Fluminense ganhou por 3 a 1 do Olaria, no Estádio do Maracanã, gols de Mário, Escurinho e Léo Briglia.

1959: em jogo válido pelo turno do Campeonato Carioca, em Teixeira de Castro, o Fluminense venceu o Bonsucesso por 1 a 0, com um gol de peixinho de Jair Francisco.

1964: em partida do turno do Campeonato Carioca, em Laranjeiras, o Fluminense venceu o Canto do Rio por 5 a 1. Os gols tricolores foram de Joaquinzinho (2), Carlos Alberto Torres e Mateus (2).

1977: no primeiro amistoso da excursão à Europa, o Fluminense empatou em 1 a 1 com o Paris Saint-Germain, perante 30.612 pessoas no Stade Olympique de Colombes, nos arredores de Paris (palco dos Jogos Olímpicos de 1924 e da final da Copa do Mundo de 1938). O gol do Fluminense foi marcado pelo centroavante argentino Doval.

1980: em jogo da Taça Guanabara (competição à parte do Campeonato Carioca), o Fluminense ganhou por 2 a 0 do America, no Maracanã, com gols de Robertinho e Zezé (de pênalti).

1986: o Fluminense se despediu do Campeonato Carioca com uma vitória por 1 a 0 sobre o Bangu, no Maracanã, gol de Édson Souza. O Fluminense terminou o segundo turno apenas um ponto atrás do Flamengo - devido à derrota por W.O. para o Americano, em jogo que a Federação do Rio de Janeiro se recusou a adiar, a pedido do Fluminense, que tinha vários atletas adoecidos com dengue. Assim, na canetada, a Federação tirou o Fluminense da fase final, impedindo o tetracampeonato tricolor.

1989: no quinto amistoso na Alemanha Ocidental, o Fluminense obteve a quinta vitória: 2 a 0 sobre o SSV Reutlingen 05, no Stadion an der Kreuzeiche, em Reutlingen, gols de Hélio e Marcelo Henrique.

1992: após vencer a partida de ida por 3 a 0, o Fluminense perdeu para o Americano por 1 a 0, no Godofredo Cruz, em Campos. Apesar do melhor saldo do Fluminense, houve prorrogação, que terminou empatada em 0 a 0. Na definição por pênaltis, Fluminense venceu por 4 a 3 e se classificou para a final da Copa Rio de Janeiro (competição que, apesar do regulamento maluco e do desprestígio da torcida, dava vaga na Copa do Brasil).

2017: no Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito, o Fluminense derrotou a Universidad Católica do Equador por 2 a 1, e se classificou para as oitavas-de-final da Copa Sul-Americana. Os gols tricolores na partida foram de Henrique Dourado e Marlon Freitas.

****

Aniversariantes do dia:

Adolpho Milman, o Russo (1915), atacante com 149 gols em 248 partidas pelo Fluminense, entre as temporadas de 1933 e 1944. Participou das campanhas vitoriosas dos Campeonatos Cariocas de 1936, 1937, 1940 e 1941. Após se aposentar dos gramados, trabalhou no Fluminense como auxiliar técnico, treinador (comandou o time principal em duas partidas da temporada de 1955) e assessor de futebol.


Sylvio Pirillo Cesarino (1916), oitavo treinador com mais partidas no comando técnico do Fluminense (140 jogos, entre 1956 e 1958). Foi o técnico campeão do Torneio Rio-São Paulo de 1957.

Telê Sant'Ana da Silva (1931), ponta-direita com 163 gols marcados em 559 jogos pelo Fluminense, sendo o quinto maior artilheiro e o terceiro jogador com mais atuações na história tricolor. Jogou no Fluminense entre 1950 e 1961, e foi campeão carioca duas vezes (1951 e 1959), campeão do Rio-São Paulo duas vezes (1957 e 1960) e campeão mundial em 1952. Posteriormente, teve 3 passagens como treinador do Fluminense, em 1967-68, 1968-69 e 1989, totalizando 109 partidas no comando técnico do clube, tendo conquistado o Campeonato Carioca e a Taça Guanabara de 1969. Também comandou a Seleção Brasileira, nas Copas do Mundo de 1982 e 1986. Um mito do Fluminense, Telê foi devidamente ovacionado na festa do centenário do clube, em 21 de julho de 2002.


André Ricardo César Capone, o Didé (1981), meio-campista que integrou o plantel profissional do Fluminense entre 2000 e 2002. Foi campeão carioca em 2002.

Renato Assis da Silva (1983), zagueiro que fez parte do elenco do Fluminense na temporada de 2007. Na segunda das três partidas que jogou com a camisa tricolor, foi pego no exame anti-doping, razão pela qual teve seu contrato rescindido.

PCFilho

Palpites da Loteca - Concurso 760


Amigos e amigas, seguem abaixo os porcentuais estimados de apostas nas 14 partidas que compõem o concurso número 760 da Loteca. Em cada jogo, o primeiro porcentual refere-se à vitória do time mandante, o segundo porcentual refere-se ao empate, e o terceiro porcentual refere-se à vitória do time visitante:
1) Grêmio x Santos (65% 25% 10%)
2) Bahia x Sport Recife (50% 30% 20%)
3) Corinthians x Flamengo (50% 25% 25%)
4) Boa Esporte x Luverdense (70% 20% 10%)
5) Fortaleza x Salgueiro (65% 25% 10%)
6) CSA x Botafogo da Paraíba (60% 25% 15%)
7) Botafogo de Ribeirão Preto x Volta Redonda (70% 20% 10%)
8) Paraná x Santa Cruz (45% 35% 20%)
9) Coritiba x Atlético Mineiro (45% 30% 25%)
10) Ponte Preta x Fluminense (50% 25% 25%)
11) Botafogo x São Paulo (55% 25% 20%)
12) Chapecoense x Atlético Goianiense (90% 5% 5%)
13) Goiás x CRB (50% 30% 20%)
14) Palmeiras x Avaí (85% 10% 5%)

As apostas neste concurso 760 da Loteca podem ser registradas até as 14:00 de Brasília do sábado 29. A estimativa de prêmio para um ganhador único com 14 acertos é de R$ 2.200.000,00 (dois milhões e duzentos mil reais). Os rateios das premiações para as faixas de 14 e 13 acertos serão divulgados pela Caixa Econômica Federal em seu site, na tarde da segunda-feira 31.

Vocês concordam com os porcentuais acima? Discordam deles? Qual será a grande zebra do concurso? Qual é a aposta ideal para abocanhar essa Loteca super-acumulada? Será um prazer receber os seus comentários abaixo!

Muito obrigado a todos vocês pelo prestígio a este blog Jornalheiros, e boa sorte rumo aos 14 acertos! Apostem com moderação!

PCFilho

PS: estou terminando de escrever o e-book "Um método inteligente para apostar na Loteca", detalhando minuciosamente a estratégia que desenvolvi para a loteria esportiva. Interessados, por favor entrar em contato por e-mail: pcfilho@gmail.com, ou nos comentários abaixo. Ainda é possível adquirir o e-book com desconto.

terça-feira, 25 de julho de 2017

Efemérides tricolores - 25 de julho


1902: foi realizada a primeira reunião da diretoria do Fluminense, na residência do presidente Oscar Cox, à Rua São Salvador, nº 5. Além de Cox, participaram o vice-presidente Louis da Nóbrega, o primeiro-secretário Mário Rocha e o tesoureiro Domingos Moitinho. Decidiram que o clube não alugaria o terreno da Rua Dona Mariana, primeiro local cogitado para a construção do seu campo.

1926: em jogo do Campeonato Carioca, no Estádio do America, na rua Campos Sales, o Fluminense venceu o Villa Isabel por 5 a 0, gols de Ripper (2), Lagarto (2) e Alfredinho.

1929: em uma noite de festa do futebol do Rio de Janeiro, 40 mil pessoas foram ao Estádio de Laranjeiras, para assistir a duas grandes partidas. Na preliminar, o Fluminense ganhou por 4 a 2 do Botafogo (os gols tricolores foram de Alfredinho, Ary e Meireles (2)). No jogo principal, a Seleção Carioca derrotou o Bologna, da Itália, por 3 a 1. A Seleção Carioca atuou com a seguinte escalação: Joel (America); Pennaforte (America) e Hildegardo (America); Nascimento (Fluminense), Floriano (America) e Fortes (Fluminense); Ripper (Fluminense), Oswaldo (America), Luiz de Carvalho (Botafogo), Nilo (Botafogo) e Theóphilo (São Cristóvão). Os gols foram de Giuseppe Muzzioli para o Bologna, e Luiz de Carvalho, Nilo e Oswaldo para a Seleção Carioca.

1931: em jogo amistoso, no Estádio do America, na rua Campos Sales, o Fluminense venceu o America por 3 a 2. Os gols tricolores foram de Waldemar, Ary e Eduardo Long.

1943: em jogo válido pelo Campeonato Carioca, em Laranjeiras, o Fluminense derrotou o Canto do Rio por 2 a 1. Os gols tricolores foram de Maracaí e Pedro Amorim.

1953: em partida do turno do Campeonato Carioca, no Estádio de Laranjeiras, o Fluminense venceu o São Cristóvão por 2 a 1. Os gols tricolores foram de Orlando Pingo de Ouro e Marinho.

1970: em partida válida pelo Campeonato Carioca, no Maracanã, o Fluminense derrotou o São Cristóvão por 2 a 0, no Maracanã, com gols de Flávio e Celso (contra).

1971: o Fluminense derrotou o Vasco por 1 a 0, no Maracanã, com gol de Ivair, em partida válida pela Taça Guanabara (competição à parte do Campeonato Carioca, que o Fluminense já havia conquistado). Nos dias seguintes, o Tricolor confirmaria sua hegemonia no Rio de Janeiro, levantando também a Taça Guanabara.

1973: diante de 101.363 pagantes no Maracanã, o Fluminense venceu o Vasco por 1 a 0, na prorrogação da decisão do segundo turno do Campeonato Carioca, após empate em 0 a 0 no tempo regulamentar. Com o resultado, o Fluminense conquistou a Taça Francisco Laport. O gol da vitória tricolor foi marcado pelo centroavante Dionísio, aos 14 minutos do primeiro tempo da prorrogação, de cabeça. Em agosto, o Tricolor se sagraria campeão estadual, vencendo o Flamengo na decisão.

1998: o Fluminense ganhou por 1 a 0 do Marítimo, de Portugal, no Estádio de Laranjeiras, em jogo amistoso comemorativo do 96º aniversário do Tricolor. O gol da partida foi do atacante Roni.

2010: em jogo da 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Fluminense empatou em 1 a 1 com o Botafogo, no Engenhão. O gol do Fluminense foi do atacante Emerson Sheik, aos 14 minutos do segundo tempo. O Tricolor acumulava 7 vitórias, 2 empates e 2 derrotas, na campanha que culminaria na conquista do terceiro Brasileirão de sua história.

2012: em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Fluminense perdeu para o Grêmio por 1 a 0, no Estádio Olímpico de Porto Alegre. Foi a primeira derrota tricolor na competição - o Flu seguia com 25 pontos ganhos na tabela de classificação, com 7 vitórias, 4 empates e 1 derrota. Era o início da campanha que culminaria na conquista do quarto Brasileirão da história tricolor.

****

Aniversariantes do dia:

José Hélio Alexandre de Souza, o Hélio (1964), centroavante com 21 gols marcados em 48 partidas disputadas pelo Fluminense, entre 1989 e 1990. Foi campeão do Torneio de Kiev de 1989.

Luciano Williames Dias (1970), zagueiro com 4 atuações pelo Fluminense no ano 2000.

PCFilho

Cartola FC - Dicas da 17ª rodada - 2017


Amigos e amigas, a 17ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2017 terá os seguintes dez jogos, a serem disputados no sábado 29, no domingo 30 e na segunda-feira 31 de julho (os horários estão no fuso de Brasília):
29/07/2017
16:00 - Botafogo x São Paulo - Engenhão (Rio de Janeiro)
19:00 - Palmeiras x Avaí - Allianz Parque (São Paulo)
30/07/2017
11:00 - Chapecoense x Atlético Goianiense - Arena Condá (Chapecó)
16:00 - Bahia x Sport Recife - Fonte Nova (Salvador)
16:00 - Corinthians x Flamengo - Itaquerão (São Paulo)
16:00 - Coritiba x Atlético Mineiro - Couto Pereira (Curitiba)
16:00 - Ponte Preta x Fluminense - Moisés Lucarelli (Campinas)
19:00 - Grêmio x Santos - Arena do Grêmio (Porto Alegre)
19:00 - Cruzeiro x Vitória - Mineirão (Belo Horizonte)
31/07/2017
20:00 - Vasco x Atlético Paranaense - Raulino de Oliveira (Volta Redonda)

Todas as dez partidas da 17ª rodada valerão pontos para o Cartola FC. O mercado permanecerá aberto até as 14:00 de Brasília do sábado 29.

Na 16ª rodada do Brasileirão 2017, com o time sugerido aqui, o meu PC Football Club fez 67,64 pontos. As escalações sugeridas no blog acumularam até aqui 851,68 pontos, média de 53,23 pontos por rodada.

Para a décima-sétima rodada, minha sugestão de escalação é a seguinte, no esquema tático 4-3-3, com o custo total de C$ 134,14:
- Goleiro: Jandrei (Chapecoense, C$ 4,78);
- Laterais: Jean (Palmeiras, C$ 14,61) e Reinaldo (Chapecoense, C$ 12,96);
- Zagueiros: Pedro Henrique (Corinthians, C$ 9,37) e Léo (Cruzeiro, C$ 9,12);
- Meias: Renê Júnior (Bahia, C$ 10,88), Cazares (Atlético Mineiro, C$ 8,51) e Thiago Neves (Cruzeiro, C$ 18,19) Alisson (Cruzeiro, C$ 14,12);
- Atacantes: Robinho (Atlético Mineiro, C$ 12,60), Sassá (Cruzeiro, C$ 7,09) Henrique Dourado (Fluminense, C$ 21,99) e Róger Guedes (Palmeiras, C$ 7,17);
- Técnico: Vinícius Eutrópio (Chapecoense, C$ 8,03).

A escalação acima está sujeita a alterações até o fechamento do mercado - voltem aqui no blog para acompanhar as substituições.

****

A nossa Liga Jornalheiros tem 572 participantes! O ranking com os 10 maiores pontuadores da Liga até agora está abaixo. Se você quiser participar da Liga, deve solicitar a entrada clicando aqui.

1º. ChinaAzul6a1 (Pisquila), 1162,61 pts;
2º. LOURENÇO FC 2017 (ezequiel lourenço), 1158,69 pts;
3º. Dale juvem (Gabriel Ckim Mitoo), 1156,81 pts;
4º. Paulinho_mengão (Paulo Henrique), 1138,99 pts;
5º. Fecha Curto FC (Allan Oliveira), 1130,40 pts;
6º. CyKyM4ster FC (Evenny), 1128,34 pts;
7º. Fegu fc (Felipe), 1124,97 pts;
8º. Tricolornense F. C. (Ronaldo Concursos), 1121,47 pts;
9º. Palmeiras.Campeao.de.novo (Flávio), 1121,17 pts;
10º. VARGAS fc 2017 (angelo), 1119,28 pts.

O mito da Liga Jornalheiros na última rodada foi o time Tekyleros FC, da cartoleira Jheni Eede, que somou incríveis 111,62 pontos! Parabéns!

****

O Jornalheiros é um espaço democrático: os comentários de todos são bem-vindos, lembrando sempre: respeito em primeiro lugar! Sigam as regras do blog, grafem os nomes dos clubes da maneira correta, e tratem bem todos os que interagirem aqui. Boa sorte a todos, e obrigado pelo prestígio ao blog!

PCFilho

PS: para os que também curtem a Loteca, estou terminando de escrever o e-book "Um método inteligente para apostar na Loteca", detalhando minuciosamente a estratégia que desenvolvi para a loteria esportiva da Caixa Econômica Federal. Interessados, por favor entrem em contato por e-mail: pcfilho@gmail.com. Ainda há tempo de adquirir o e-book com desconto.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Brasileirão 2017 - Classificação após a 16ª rodada

Clique na tabela se quiser ampliá-la.
Fonte: site Futbol24.

O líder Corinthians segue como único invicto do Brasileirão, com a incrível campanha de 12 vitórias e 4 empates.

O melhor ataque é o do Grêmio, com 31 gols marcados. A melhor defesa é a do Corinthians, com 7 gols sofridos.

O pior ataque é o do Avaí, com 10 gols marcados. As piores defesas são as de Vitória e Atlético Goianiense, com 29 gols sofridos cada.

Santos e Ponte Preta são os únicos times que venceram nas duas últimas rodadas.

O Vitória perdeu os últimos 4 jogos que disputou.

O São Paulo está na zona de rebaixamento. O clube paulista é um dos cinco que jamais foram rebaixados na era dos pontos corridos (junto com Cruzeiro, Flamengo, Fluminense e Santos).

PCFilho