terça-feira, 15 de agosto de 2017

Efemérides tricolores - 15 de agosto



1872: um grupo de jovens ingleses apaixonados por esportes fundou o Rio Cricket Club, para a prática do críquete, num terreno alugado no caminho do Berquó (atual rua General Polidoro), em Botafogo. Do Rio Cricket Club surgiria, em 1880, o Paysandu Cricket Club - um dos sócios era George Emmanuel Cox, pai de Oscar Alfredo Cox, que nascera naquele ano e, em 1902, juntamente com outros sócios do Paysandu, resolveria fundar um novo clube, para dar mais atenção ao futebol: o Fluminense Football Club.

1902: o Fluminense Football Club participou pela primeira vez de uma competição esportiva, com uma equipe de atletismo, na festa campestre promovida no bairro de Icaraí, em Niterói, pelo Rio Cricket and Athletic Association, em comemoração à coroação de Sua Majestade o Rei Eduardo VII, do Reino Unido. Já no primeiro evento do dia, o Fluminense mostrou sua vocação para a glória: seu atleta e fundador Victor François Etchegaray venceu a sua semifinal da corrida de 100 jardas - depois, Victor venceu também a final, tornando-se o primeiro atleta a ser campeão pelo Fluminense. No evento do levantamento de peso, veio a segunda glória do Fluminense, com a vitória de Louis da Nóbrega Júnior.
O cartaz da primeira competição de que o Fluminense participou.
Arquivo de Affonso Castro.

1904: no segundo amistoso da inauguração da primeira arquibancada do campo da rua Guanabara, o Fluminense perdeu novamente para o Paulistano (2 a 0). Da mesma forma que na partida da véspera, um bom público esteve presente, para conhecer o primeiro estádio construído especificamente para a prática do futebol no Rio de Janeiro, e também para apreciar o confronto do Fluminense com o então vice-campeão paulista. Nos 15 primeiros jogos de sua história, o Fluminense acumulou 9 vitórias, 2 empates e 4 derrotas.

1909: no primeiro confronto entre campeões estaduais na história do futebol brasileiro, o Fluminense venceu o Paulistano por 3 a 1, no campo da rua Guanabara (atual Estádio de Laranjeiras), em partida cercada de muita expectativa. A grande vitória tricolor sobre o campeão paulista começou com um golaço do zagueiro Félix Frias, de longe, por cobertura. O centroavante Bibi empatou para o Paulistano com um chute firme e rasteiro, mas ainda no primeiro tempo Emile Etchegaray pôs o Fluminense novamente na frente, com um chute enviesado à meia altura, após receber passe de Hargreaves. Na etapa final, o Paulistano teve um pênalti a seu favor: Bibi cobrou e o goleiro tricolor Waterman defendeu, mas em vão, pois o árbitro mandou voltar a cobrança - na segunda tentativa, Bibi chutou por cima. Pouco depois, Hargreaves assinalou o terceiro gol do Fluminense, em lance polêmico, pois houve reclamações de toque de mão de um jogador tricolor. O Fluminense atuou com: Waterman; Victor Etchegaray e Félix Frias; Nestor Macedo, Mutzembecker e Gallo; Waymar, Joaquim da Costa Santos, Hargreaves, Emile Etchegaray e Armínio Motta. O Paulistano jogou com: Armando Pederneiras; Cyro e Tommy; Gullo, Tutu e Rubens Salles; Joaquim Prado, Pelayo, Bibi, Gonçalves e Fernão Salles. Embora não houvesse uma taça em jogo, esta partida pode ser considerada como a primeira disputa pelo título de "melhor time de futebol do Brasil" com algum critério técnico. O vencedor de tal disputa só poderia ser mesmo o Fluminense.
O Fluminense de 1909: melhor time de futebol do Brasil.
Na fila de cima: Victor Etchegaray, Waterman e Félix Frias.
Na fila do meio: Nestor Macedo, Mutzembecker e Gallo.
Na fila de baixo: Waymar, Joaquim da Costa Santos, Hargreaves, Emile Etchegaray e Armínio Motta.
Foto: site oficial do Fluminense.

1917: em partida válida pelo turno do Campeonato Carioca, em General Severiano, o Fluminense derrotou o Botafogo por 4 a 2, de virada, com dois gols de Couto e dois gols de Celso, todos nos últimos 20 minutos do jogo. Foi a sétima vitória tricolor em sete jogos na competição - o início da brilhante campanha que terminaria com a conquista do primeiro título do histórico tricampeonato entre 1917 e 1919.

1918: em um resultado surpreendente, o Fluminense perdeu por 1 a 0 para o modesto Villa Isabel, gol-contra de Chico Netto, no campo do Jardim Zoológico, em jogo do returno do Campeonato Carioca. Foi a única derrota tricolor na campanha do bicampeonato.

1937: o Fluminense encerrou sua primeira viagem ao Rio Grande do Sul com uma bela vitória: 4 a 0 sobre o Grêmio, gols de Vicentino, Romeu Pellicciari, Hércules (de falta) e Sandro, no Estádio da Baixada, em Porto Alegre. Este foi o primeiro confronto deste grande clássico do futebol brasileiro.

1942: em jogo válido pelo segundo turno do Campeonato Carioca, no Estádio de Laranjeiras, o Fluminense ganhou por 2 a 0 do Bonsucesso, gols de Adilson e Russo.

1944: em partida do turno do Campeonato Carioca, no Estádio de Laranjeiras, o Fluminense venceu o Bonsucesso por 3 a 1. Os gols tricolores foram assinalados por Magnones (de pênalti), Pirombá e Bolinha (contra).

1948: em jogo do Campeonato Carioca, o Fluminense ganhou por 5 a 2 do Bangu, no Estádio de Laranjeiras. No primeiro tempo, Orlando Pingo de Ouro abriu o placar para o Fluminense, Amaral empatou para o Bangu, e o Tricolor marcou mais três gols, com Cento-e-Nove, Rodrigues Tatu e Guálter (contra). Na etapa final, Cardoso descontou para o Bangu, e Simões fechou o placar em 5 a 2.

1954: o Fluminense conquistou o título de campeão do Torneio Início do Rio de Janeiro, perante 45.276 pagantes no Estádio do Maracanã! Nas três partidas, o Fluminense jogou com: Adalberto; Getúlio e Pinheiro; Jair Sant'Anna, Emílson e Bigode; Milton Bororó, Didi, Waldo, Róbson e Esquerdinha. No primeiro jogo, com dois tempos de 10 minutos, uma vitória sobre o Olaria por 1 a 0, gol de Didi, por cobertura, aos 2 minutos do 2º tempo. No segundo duelo, novamente com dois tempos de 10 minutos, um tenso empate em 0 a 0 com o Vasco, e na definição por pênaltis, vitória do Fluminense por 5 a 4, com o ponta tricolor Esquerdinha convertendo todas as suas cinco cobranças, e o vascaíno Alvinho desperdiçando duas de suas seis tentativas. Na grande decisão, com dois tempos de 30 minutos, o Fluminense derrotou o Flamengo por 1 a 0, gol chorado de Esquerdinha, com a bola tocando a trave antes de entrar, aos 27 minutos do primeiro tempo, com assistência de Róbson. No finalzinho, o Flamengo quase empatou com Paulinho, mas o capitão Bigode fez um milagre e salvou o gol certo com uma acrobacia, em cima da linha do gol. O Fluminense, campeão do Torneio Início de 1954, recebeu a Taça Antônio Santassusagna pela memorável conquista.

1973: no jogo extra para decidir o grupo B do terceiro turno do Campeonato Carioca, o Fluminense ganhou por 1 a 0 do Botafogo, no Maracanã, gol de Manfrini. Com a vitória, o Fluminense recebeu a Taça José Ferreira Agostinho, e garantiu vaga na decisão do Campeonato, por já ter vencido também o segundo turno. A final seria na semana seguinte, contra o vencedor do confronto entre Flamengo e Vasco (vide 22 de agosto).

1982: em partida do Campeonato Carioca, em Ítalo Del Cima, o Fluminense venceu o Campo Grande por 3 a 0, gols de Robertinho, Zezé Gomes e Gilcimar.

1985: em jogo da fase de grupos da Copa Libertadores, no Estádio do Maracanã, o Fluminense empatou em 0 a 0 com o Vasco. Os dois clubes cariocas faziam campanha ruim, e terminariam eliminados da competição sul-americana.

1986: em amistoso na Espanha, o Fluminense venceu a AD Tarancón por 12 a 1, gols de Édson Souza (3), Washington (2), Romerito, Renê (2), Jandir, Marcão (2) e Leomir. Esta partida é a maior goleada da história do Fluminense em jogos internacionais.

2010: em jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, perante 59.056 pessoas no Maracanã, o Fluminense ganhou por 3 a 0 do Internacional, gols de Mariano, Washington e Emerson Sheik. Foi a 10ª vitória tricolor na competição - com 2 empates e 2 derrotas, o Fluminense somava 32 pontos na campanha que culminaria na conquista do terceiro Brasileirão de sua história.

2012: em partida válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Independência, em Belo Horizonte, o Fluminense empatou em 1 a 1 com o Cruzeiro. O gol tricolor foi assinalado por Fred, de cabeça. O Fluminense passou a somar 36 pontos ganhos na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 10 vitórias, 6 empates e 1 derrota. A ótima campanha terminaria com a conquista do quarto Brasileirão da história tricolor.

****

Aniversariantes do dia:

Mário Milani (1918), eficiente centroavante com 34 gols marcados em 45 jogos pelo Fluminense entre as temporadas de 1939 e 1940, ano em que conquistou o Torneio Início (no qual marcou o gol da vitória na semifinal, não-contabilizado entre os 34) e o Campeonato Carioca.

Jorge de Souza Cabral (1926), atacante que integrou o elenco do Fluminense na temporada de 1951.

Ricardo da Cruz Cerqueira, o Ricardo Cruz (1963), goleiro formado pelo Fluminense, com 73 atuações pelo time principal tricolor, entre os anos de 1983 e 1994. Fez parte do elenco tricampeão Carioca entre 1983 e 1985 e campeão Brasileiro de 1984.

Jancarlos de Oliveira Barros (1983), lateral-direito formado pelo Fluminense, com 2 gols marcados em 83 partidas pelo time profissional tricolor, entre as temporadas de 2001 e 2005. Fez parte dos elencos campeões Cariocas em 2002 e 2005.

PCFilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.