sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Efemérides tricolores - 18 de agosto


1912: em jogo do returno do Campeonato Carioca, no campo da rua Guanabara (atual Estádio de Laranjeiras), o Fluminense ganhou por 4 a 1 do Bangu. Conrado Mutzembecker, Ernesto Paranhos (2) e Barthô marcaram os gols do Fluminense, com Roldão Maia descontando para o Bangu. Com o time quase inteiramente renovado, devido à debandada dos nove titulares de 1911, que foram para o Flamengo, o Tricolor obtinha sua quinta vitória consecutiva, provando que sobreviveria à crise.
Gazeta de Notícias, 19/08/1912.

1935: em jogo do primeiro turno do Campeonato Carioca, em Teixeira de Castro, o Fluminense goleou o Modesto por 6 a 2. Os gols tricolores foram de Romeu Pellicciari, Sobral (2), Vicentino (2) e Hércules.

1940: em partida válida tanto pelo Campeonato Carioca quanto pelo Torneio Rio-São Paulo, o Fluminense empatou em 2 a 2 com o America, na rua Campos Sales. Os dois gols tricolores foram marcados por Adílson. O Torneio Rio-São Paulo seria interrompido ao fim do primeiro turno, com Fluminense e Flamengo dividindo a liderança. O Campeonato Carioca terminaria com o Fluminense campeão.

1951: na segunda rodada do turno do Campeonato Carioca, no Estádio de Laranjeiras, o Fluminense obteve sua segunda vitória na competição: 3 a 1 sobre o Bonsucesso. Os gols tricolores foram de Carlyle (2) e Joel (de pênalti). Nos meses seguintes, o Fluminense faria uma campanha memorável, até vencer a decisão contra o Bangu e sagrar-se campeão.

1959: na quinta rodada do Campeonato Carioca, no Maracanã, o líder Fluminense venceu mais uma: 2 a 1 sobre a Portuguesa da Ilha do Governador. Mas não foi nada fácil: a Portuguesa abriu o placar com um gol de Orlando, e se fechou num ferrolho. Foi só aos 32 minutos do segundo tempo que Waldo empatou, de voleio, com assistência de Maurinho. Aos 40, o mesmo Maurinho marcou o gol da virada, de cabeça, com assistência de Escurinho. Este foi o 20º triunfo consecutivo daquele time: a maior sequência de vitórias da história do Fluminense, entre 31 de maio e 18 de agosto (vejam a lista completa de resultados aqui). Aquela campanha terminaria com a conquista do título estadual pelo Tricolor.

1962: em jogo válido pelo turno do Campeonato Carioca, no Maracanã, o Fluminense ganhou por 3 a 0 da Portuguesa da Ilha do Governador, gols de Rodrigo, Edil e Walter Lino.

1971: em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, no Estádio do Maracanã, o Fluminense venceu o Coritiba por 2 a 1. Ivair e Lula marcaram os gols do Fluminense no primeiro tempo, e Tião Abatiá descontou para o Coritiba na etapa complementar. Nesta partida, o treinador do Coritiba era Elba de Pádua Lima, o lendário Tim - o ídolo foi devidamente aplaudido pela torcida tricolor.

1978: no Torneio de Amsterdã, o Fluminense empatou em 2 a 2 com o Ajax, no Estádio Olímpico da capital holandesa. Os gols tricolores foram de Marinho Chagas e Carlos Alberto Pintinho. Na disputa de pênaltis, o Ajax venceu por 5 a 4.

1984: no último jogo da excursão à Itália, o Fluminense empatou em 0 a 0 com o Pisa, no Stadio Comunale, em Pistoia. Em cinco jogos na Itália, foram três vitórias tricolores, um empate e uma derrota.

1986: em jogo no Hardturm Stadion, em Zurique, o Fluminense empatou em 0 a 0 com o Grasshopper-Club, da Suíça. Na definição por pênaltis, o Grasshopper-Club venceu por 5 a 3. Foi a semifinal do Torneio de Zurique, competição organizada pelo Grasshopper-Club em comemoração ao centenário de sua fundação. Também participaram o Bayern de Munique, da Alemanha, e a Roma, da Itália.

1991: o Fluminense estreou no Campeonato Carioca com vitória: 2 a 0 sobre o América de Três Rios, no Estádio Tievão, em Três Rios. Os gols foram marcados pelo aniversariante Renato Carioca e por Sandro.

2004: no Stade Sylvio Cator, em Port-au-Prince, capital do Haiti, a Seleção Brasileira realizou um amistoso histórico contra a Seleção do Haiti, em prol das vítimas do terremoto que arrasara o país do Caribe. Dois atletas do Fluminense disputaram a partida: o meio-campista Roger Flores (que foi titular e marcou dois gols) e o goleiro Fernando Henrique (que entrou no segundo tempo). A Seleção venceu o jogo por 6 a 0, e proporcionou um dia inesquecível para o sofrido povo haitiano.

2012: na 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Fluminense ganhou por 1 a 0 do Sport Recife, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. O gol da vitória foi de Samuel, aos 37 minutos do segundo tempo. O Fluminense passou a somar 39 pontos na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 11 vitórias, 6 empates e 1 derrota. A ótima campanha terminaria com a conquista do quarto Brasileirão da história tricolor.

****

Aniversariantes do dia:

Ari Ercílio Barbosa (1941), zagueiro gaúcho com 21 atuações pelo Fluminense na temporada de 1972. Antes de jogar no Fluminense, Ari Ercílio atuara por Internacional, Corinthians, Grêmio e Seleção Brasileira. Em 18/11/1972, o atleta do Fluminense faleceu inesperadamente: foi pescar no Costão do Vidigal e acabou levado pelo mar. Ari Ercílio foi o quarto jogador de futebol a morrer enquanto era atleta do Fluminense, depois de Archibald French (1918), Mano (1922) e Jorge Tavares Py (1930).


Laércio da Silva Vieira Canil, o Renato Carioca (1966), atacante com 31 gols marcados em 95 partidas pelo Fluminense, entre as temporadas de 1990 e 1992. Ele utilizava o pseudônimo Renato como homenagem a seu avô.


Leandro da Fonseca Euzébio, o Leandro Euzébio (1981), zagueiro com 15 gols marcados em 167 partidas pelo Fluminense, entre os anos de 2010 e 2014. Foi campeão brasileiro em 2010 e 2012, e campeão carioca em 2012. Nas duas campanhas vitoriosas no Brasileirão, teve participação importante: em 2010, atuou em 35 das 38 rodadas, e marcou 5 gols; em 2012, atuou em 19 partidas, e marcou 3 gols.


PCFilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Regras para postar comentários:

I. Os comentários devem se ater ao assunto do post, preferencialmente. Pense duas vezes antes de publicar um comentário fora do contexto.

II. Os comentários devem ser relevantes, isto é, devem acrescentar informação útil ao post ou ao debate em questão.

III. Os comentários devem ser sempre respeitosos. É terminantemente proibido debochar, ofender, insultar e/ou caluniar quaisquer pessoas e instituições.

IV. Os nomes dos clubes devem ser escritos sempre da maneira correta. Não serão tolerados apelidos pejorativos para as instituições, sejam quais forem.

V. Não é permitido pedir ou publicar números de telefone/Whatsapp, e-mails, redes sociais, etc.

VI. Respeitem a nossa bela Língua Portuguesa, e evitem escrever em CAIXA ALTA.

Os comentários que não respeitem as regras acima poderão ser excluídos ou não, a critério dos moderadores do blog.